Procurar
Close this search box.

Fertiberia celebra 25.º Aniversário do Prémio para a Melhor Tese de Doutoramento em Temas Agrícolas, o galardão destinado à investigação agronómica mais bem financiado na Europa

Juan de Dios Franco Navarro, o vencedor desta edição com a sua tese “Funções do cloreto como macronutriente benéfico em plantas superiores”

  • A diretora-geral de Desenvolvimento Rural, Inovação e Formação Agroalimentar do Ministério da Agricultura, Pescas e Alimentação, Isabel Bombal, presidiu à cerimónia de entrega de prémios, realizada no Anfiteatro da Universidade Politécnica de Madrid.
  • Há 25 anos que a Fertiberia entrega prémios, num valor global próximo de um milhão de euros, potenciando assim a capacidade de investigação e o talento agronómico dos profissionais do setor.
Imagen para la noticia "Fertiberia celebra el 25º Aniversario del Premio a la Mejor Tesis Doctoral en Temas Agrícolas, el galardón a la investigación agronómica mejor dotado económicamente de Europa" mostrando a los galardonados

Madrid, 16/02/2024 – Numa cerimónia realizada na Universidade Politécnica de Madrid, a diretora-geral de Desenvolvimento Rural, Inovação e Formação Agroalimentar do Ministério da Agricultura, Pescas e Alimentação, Isabel Bombal, presidiu ao 25.º Aniversário da entrega dos Prémios Fertiberia para a Melhor Tese de Doutoramento em Temas Agrícolas. Este galardão, um dos mais destacados da Europa no domínio da investigação agronómica, reconheceu o excecional trabalho de três investigadores – Juan de Dios Franco Navarro, Xi Jiang Chen e Alba Lara Moreno – em matéria de fertilização e biotecnologia.

  • Juan de Dios Franco Navarro, especialista em genética molecular, foi o vencedor desta edição, com a sua tese intitulada “Funções do cloreto como macronutriente benéfico em plantas superiores”, pois envolveu um exercício de estudo perfeito, que servirá de base ao desenvolvimento de produtos fertilizantes de elevado valor acrescentado para o setor.
  • Foi também atribuído um accésit ex aequo a Xi Jiang Chen pela sua tese “Identification of optimal NifH and NifB proteins for nitrogenase engineering in eukaryotes”, e a Alba Lara Moreno, pela sua tese “Aplicação de técnicas microbiológicas e químicas para a recuperação de solos contaminados por pesticidas e hidrocarbonetos aromáticos policíclicos. Avaliação da sua viabilidade mediante estudos de biologia molecular e ecotoxicidade”, defendida na Universidade de Sevilha.

Além do seu prestígio académico, o Prémio Fertiberia é um dos prémios de investigação agronómica mais bem financiados da Europa, com um montante global de 30.000 euros, a dividir entre os autores e orientadores de tese. Concretamente, nesta edição, o autor da tese vencedora recebeu 14.000 euros, enquanto os seus orientadores receberam 4.000 euros. Por sua vez, os autores dos trabalhos distinguidos com o accésit ex aequo receberam 2500 euros e os seus quatro orientadores 750 euros, respetivamente.

No âmbito do evento, a diretora-geral de Desenvolvimento Rural, Inovação e Formação Agroalimentar, Isabel Bombal, sublinhou “os desafios enfrentados pela agricultura, com a necessidade de garantir a segurança alimentar de toda a população, a partir de uma produção de alimentos mais eficiente, sustentável e rentável”. Neste sentido, defendeu a importância de “promover a inovação e a digitalização no setor agroalimentar para dar resposta a estes desafios” e realçou que “os projetos selecionados nestes prémios Fertiberia para a melhor tese de doutoramento em temas agrícolas oferecem soluções inovadoras nos domínios da fertilização e da agronomia”.

Por ocasião do seu 25.º aniversário, Javier Goñi, CEO do Grupo Fertiberia, sublinhou que “este galardão é um estímulo para fomentar uma investigação de excelência, que sirva de base ao desenvolvimento de fertilizantes de elevado valor acrescentado, bem como à promoção da inovação biotecnológica e da plena sustentabilidade do setor agrícola, que são pilares estratégicos para esta empresa. O facto de o prémio ter cumprido o seu XXV aniversário é demonstrativo de que o Grupo Fertiberia, como líder do seu setor, tem uma vocação de muito longo prazo na sua parceria com a universidade.

Do mesmo modo, o decano do COIACC, Francisco González, referiu que “para nós, constitui motivo de enorme satisfação termos acompanhado ininterruptamente a Fertiberia durante estes 25 anos. A cada ano, constatamos a melhoria da qualidade das teses apresentadas, o que é comprovado pelo grande número de publicações de alto impacto derivadas dessas teses e pelas citações de qualidade que acompanham várias delas.”

Por seu turno, o diretor da Etsiaab, José Manuel Palacios, realçou que “as linhas de investigação que traçam o rumo face uma maior sustentabilidade dos fertilizantes passam por melhorias nos sistemas de produção e na eficiência da utilização, bem como pelo desenvolvimento de soluções biológicas que possam proporcionar uma parte dos nutrientes às culturas. A qualidade e diversidade temáticas dos trabalhos premiados neste concurso da Fertiberia refletem o leque de possibilidades que se abrem no futuro da fertilização sustentável.”

O júri desta edição, presidido pelo decano do Colégio Oficial de Engenheiros Agrónomos do Centro e Ilhas Canárias (COIACC), Francisco González Torres, foi composto pelo presidente do Grupo Fertiberia, Javier Goñi; a chefe da Estação de Ensaios de Sementes e Plantas de Viveiro do Instituto Nacional de Investigação e Tecnologia Agrária (INIA), Ana Patricia Fernández-Getino; o professor de Produção Animal da Universidade de Valladolid, Jesús Ciria; a diretora de Estudos e Investigação de Mercados do Grupo Fertiberia, Pilar García-Serrano; o diretor de I+D+i do Grupo Fertiberia, Javier Brañas, o diretor de ETSI Agrónomos da Universidade Politécnica de Madrid, José Manuel Palacios Alberti, e o professor catedrático de ETSI Agrónomos da Universidade Politécnica de Madrid, Augusto Arce Martinez.

Vinte e cinco anos de aposta na inovação e desenvolvimento do setor

Desde a criação do prémio, foram consideradas mais de 400 teses de doutoramento de 50 universidades e centros de investigação de Espanha e Portugal. Além disso, foram entregues prémios num valor global próximo de um milhão de euros, potenciando assim a capacidade de investigação e o talento agronómico dos profissionais do setor.

A convocatória para estes Prémios estabelece como requisito principal que as teses apresentadas tenham obtido a qualificação máxima “cum laude” e que estejam diretamente relacionadas com a fertilização, os solos e a sua alteração, bem como a atividade agrícola em geral.

Continuar lendo

Imagen para el interior de la noticia "Las estrategias para descarbonizar el sector agrícola, a debate en la 15º Jornada de la Cátedra Fertiberia de Estudios Agroambientales" mostrando a algunos de los presentes en la Jornada sobre Estrategias de Descarbonización
Imagen para el interior de la noticia
20-03-2024. Fertiberia - Actualidad. Blog - Trichodex. Imagen principal para el post "Ponencia técnica: “Microbioma en Acción: Estrategias Innovadoras para la Resiliencia de Cultivos Leñosos y Hortícolas frente al estrés Biótico y Abiótico" mostrando el cartel de la  ponencia

Fertiberia, uma referência na produção de hidrogénio verde e amoníaco de baixo carbono, bem como soluções de nutrição vegetal de elevado valor acrescentado e ambientais para a indústria.

O que fazemos

Criamos e fabricamos os produtos mais eficientes e sustentáveis para a agricultura e a indústria.

Ferramentas

Serviços para facilitar as tarefas diárias dos nossos clientes.

ESG

Os nossos pilares para garantir investimentos sustentáveis, inovadores e empenhados.

I+D+i

Investigação, desenvolvimento e inovação para um crescimento sustentável e responsável.

Contacte-nos

Scroll to Top