Procurar
Close this search box.

O Grupo Fertiberia inaugurou o seu primeiro parque solar para autoconsumo na fábrica do Lavradio, em Portugal

A empresa aliou-se ao líder energético português ADP para desenvolver uma instalação fotovoltaica de 1,3 MW numa superfície de 15 000 metros quadrados

  • A fábrica cobre 20% do consumo do centro, reduz a fatura energética e evita a emissão de 390 toneladas de CO2 por ano.
  • O investimento está alinhado com a estratégia NET Zero do Grupo Fertiberia, com a qual planeia descarbonizar totalmente as suas operações até 2035.

O Grupo Fertiberia, líder europeu na conceção, produção e distribuição de soluções de nutrição vegetal, está a avançar com o seu plano para reduzir as suas emissões líquidas para zero até 2035. A empresa está a promover o desenvolvimento de um conjunto de parques solares no perímetro dos seus centros industriais para cobrir parte do seu consumo de eletricidade. Com este objetivo em mente, já deu o primeiro passo nas suas instalações do Lavradio, onde acaba de inaugurar uma central fotovoltaica que será capaz de gerar 20% do consumo deste centro industrial a partir de fontes totalmente renováveis.

Esta instalação ocupa uma superfície de 15 000 metros quadrados e dispõe de 2378 painéis com uma potência total de 1,3 MW. Para a construção e operação da fábrica, a ADP Fertilizantes apostou no líder energético português EDP. Graças a esta parceria, este parque solar foi equipado com os componentes mais eficientes do mercado, de modo a garantir o máximo rendimento energético.

A fábrica de autoconsumo evita a emissão de 390 toneladas de CO2 por ano, reduz a fatura de eletricidade em 23% e torna mais previsíveis os custos energéticos a longo prazo do centro industrial.

O Grupo Fertiberia é a primeira empresa do setor da nutrição vegetal a comprometer-se com a descarbonização total das suas operações durante a próxima década através do plano Net Zero. A empresa conta com 14 fábricas em Espanha, Portugal e França, 1600 funcionários e uma rede logística que chega a mil clientes em oitenta países. A primeira medida para reduzir as emissões do seu tecido industrial a zero é liderar o desenvolvimento do hidrogénio e amoníaco verdes na Europa (produzido a partir de energias renováveis), o que permite produzir fertilizantes com baixo teor de carbono, que por sua vez permitem descarbonizar o setor agrícola.

A empresa já pôs em funcionamento a primeira fábrica de amoníaco e fertilizantes verdes em grande escala da Europa, em Puertollano, onde produz um fertilizante 100% sustentável a partir de hidrogénio verde. Trata-se da linha Impact Zero, os primeiros fertilizantes do mundo produzidos a partir de hidrogénio renovável, que também são produzidos na fábrica portuguesa de Alverca.

Além disso, o Grupo tem planos para o resto dos seus centros de produção, que participam nos maiores consórcios associados ao desenvolvimento do hidrogénio verde na Península Ibérica, e está a desenvolver dois novos projetos de construção na Suécia e na Noruega.

Paralelamente ao hidrogénio verde, a empresa está a analisar todas as opções para aumentar a eficiência e o consumo de energia a partir de fontes 100% renováveis em todas as suas instalações. "Vamos otimizar a superfície dos nossos centros industriais para aumentar as nossas capacidades de autoconsumo", afirma Javier Goñi, CEO do Grupo Fertiberia. A fábrica do Lavradio foi o primeiro investimento neste âmbito e "é um projeto com um valor especial, uma vez que nos permite gerar uma experiência que pode ser transferida para as restantes instalações da empresa e alcançar as soluções mais otimizadas", refere Goñi.

Continuar lendo

Imagen para el interior de la noticia
20-03-2024. Fertiberia - Actualidad. Blog - Trichodex. Imagen principal para el post "Ponencia técnica: “Microbioma en Acción: Estrategias Innovadoras para la Resiliencia de Cultivos Leñosos y Hortícolas frente al estrés Biótico y Abiótico" mostrando el cartel de la  ponencia
Imagen para el interior de la noticia

Fertiberia, uma referência na produção de hidrogénio verde e amoníaco de baixo carbono, bem como soluções de nutrição vegetal de elevado valor acrescentado e ambientais para a indústria.

O que fazemos

Criamos e fabricamos os produtos mais eficientes e sustentáveis para a agricultura e a indústria.

Ferramentas

Serviços para facilitar as tarefas diárias dos nossos clientes.

ESG

Os nossos pilares para garantir investimentos sustentáveis, inovadores e empenhados.

I+D+i

Investigação, desenvolvimento e inovação para um crescimento sustentável e responsável.

Contacte-nos

Scroll to Top