Procurar
Close this search box.

As estratégias para descarbonizar o setor agrícola, em debate na 15.ª Jornada da Cátedra Fertiberia de Estudos Agroambientais

Imagen para el interior de la noticia "Las estrategias para descarbonizar el sector agrícola, a debate en la 15º Jornada de la Cátedra Fertiberia de Estudios Agroambientales" mostrando a algunos de los presentes en la Jornada sobre Estrategias de Descarbonización

“Setor de Fertilizantes: Estratégias de Descarbonização”

  • No evento reuniram-se especialistas académicos, alunos e instituições de todo o território nacional, destacando a representação do Ministério de Agricultura
  • Diversos casos de estudo serviram para explorar as melhores práticas do setor de fertilizantes na mitigação de emissões de CO2
  • Na sua 15.ª edição, este encontro consolida-se como um espaço essencial de colaboração, debate e inovação para impulsionar uma agricultura mais sustentável

Madrid, 25 de março de 2024Especialistas da indústria agrícola, representantes do setor público, académicos e alunos de agronomia reuniram-se na 15.ª Jornada da Cátedra Fertiberia de Estudos Agroambientais, celebrada na ETSIAAB (Escola Técnica Superior de Engenharia Agrónoma, Alimentar e de Biossistemas) da Universidade Politécnica de Madrid, para abordar um dos desafios mais críticos do nosso tempo: a mitigação das emissões de gases de efeito de estufa (GEE), e os esforços assumidos desde o setor dos fertilizantes.

A sessão de abertura contou com a presença de Ana Rodríguez, diretora geral de Produções e Mercados Agrários do Ministério de Agricultura, Pesca e Alimentação, José Manuel Palacios, diretor da ETSIAAB; e Javier Goñi, CEO da Fertiberia, quem, entre outras questões, ressaltaram a importância da colaboração entre o setor público e privado para alcançar objetivos ambientais comuns.

Em consonância com o acordo de minimizar o aquecimento global em 1,5 °C, alcançado na recente COP28 do Dubai, a indústria europeia de fertilizantes comprometeu-se a reduzir as suas emissões de GEE em 70% até 2040, em comparação com 2020, e a alcançar a neutralidade climática em 2050.

Algumas das medidas nas quais o setor dos fertilizantes já está a trabalhar de forma prioritária são o impulso das energias renováveis em substituição dos combustíveis fósseis, o desenvolvimento das tecnologias limpas e a redução de gases diferentes ao CO2, como o metano, para 2030.

Questões como estas foram objeto de análise durante a Jornada da Cátedra Fertiberia, através de casos de estudo concretos.

  • Entre outros, destacaram o projeto de produção de hidrogénio e amoníaco verdes para a elaboração de fertilizantes com baixo teor de carbono, liderado pela Fertiberia, a estratégia PEP+ de Pepsico, focada em criar crescimento e valor através de ações positivas para o planeta, ou a tecnologia pioneira NSAFE desenvolvida pela Fertiberia: o primeiro bioinibidor que reduz as perdas de nitrogénio protegendo a biodiversidade do solo.

O evento também contou com a participação de José Ramón Conde, professor do Departamento de Produção Agrária da ETSIAAB; Christian Cerezo, Agro Leas SWE da PEPSICO e Javier González, diretor de Inovação Agronómica do Grupo Fertiberia. 

A jornada culminou com uma mensagem de otimismo e determinação, refletindo o consenso sobre a urgência de adotar medidas eficazes para limitar o aquecimento global. Este encontro anual, que já celebrou a sua 15.ª edição, é consolidado como um espaço essencial para a colaboração, o debate e a inovação para impulsionar um futuro agrícola mais sustentável.

Mais informações:

* PDF em espanhol.

Continuar lendo

Imagen para el interior de la noticia "Las estrategias para descarbonizar el sector agrícola, a debate en la 15º Jornada de la Cátedra Fertiberia de Estudios Agroambientales" mostrando a algunos de los presentes en la Jornada sobre Estrategias de Descarbonización
Imagen para el interior de la noticia
Imagen para la noticia

Fertiberia, uma referência na produção de hidrogénio verde e amoníaco de baixo carbono, bem como soluções de nutrição vegetal de elevado valor acrescentado e ambientais para a indústria.

O que fazemos

Criamos e fabricamos os produtos mais eficientes e sustentáveis para a agricultura e a indústria.

Ferramentas

Serviços para facilitar as tarefas diárias dos nossos clientes.

ESG

Os nossos pilares para garantir investimentos sustentáveis, inovadores e empenhados.

I+D+i

Investigação, desenvolvimento e inovação para um crescimento sustentável e responsável.

Contacte-nos

Scroll to Top